Esclarecendo H1N1

Chegada de estações mais frias alertam para maior incidência de doenças respiratórias.

A gripe é uma infecção respiratória aguda que afeta anualmente milhões de pessoas em todo o mundo.  As infeções causadas pelo vírus influenza são sazonais, com o aumento de incidência durante o inverno, o qual corresponde aos meses de maio a setembro no Brasil. As infeções por influenza estão associadas a altas taxas de hospitalização e mortalidade, em sua maioria grupos vulneráveis às complicações da infecção, como  crianças, idosos, e pessoas que apresentem uma doença crônica subjacente.

O Vírus H3N2, variante da gripe Influenza A, foi responsável por uma epidemia nos Estados Unidos , atingindo mais de 45 pessoas e já tem casos confirmados no Brasil. Os sintomas desta variável são parecidos com o de muitas outras infecções e incluem coriza, febre e dor no corpo, por isso, o diagnóstico precoce é fundamental para conter a piora clínica e o aumento nos casos de infecção.

O Laboratório Hipólito Monte oferece a seus clientes o Painel de Vírus Respiratórios, que  permite a detecção simultânea, com  alta sensibilidade e especificidade dos vírus mais comumente envolvidos em doenças respiratórias. Esse painel utiliza técnicas de biologia molecular como o RT-PCR multiplex, sendo capaz de detectar tanto os vírus tradicionais como os emergentes.  O exame pode detectar quatro  diferentes tipos de vírus: Influenza A, Influenza B,  Vírus Sincicial  Respiratório A e B. Além disso, também está disponível em nosso menu de exames o Exame para H1N1- detecção por RT-PCR. Esta metodologia verifica a existência de vírus H1N1 no organismo do paciente, detectando o material genético.

Leonardo F Pinheiro, MD.

Sem comentários:

Nenhum comentário foi feito ainda, seja o primeiro!


Deixe seu comentário: